sábado, 24 de setembro de 2022

Pesquisa Brasmarket aponta Bolsonaro com 44,9% e Lula 31%

O novo levantamento Brasmarket traz novamente o presidente Jair Bolsonaro (PL) liderando a disputa ao Planalto. Em pesquisa divulgada nesta sexta-feira (23), o chefe do Executivo aparece com 44,9% das intenções de voto contra 31% de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Ciro Gomes (PDT) vem em seguida com 6,5%, e Simone Tebet (MDB), com 4,5%. Os demais candidatos aparecem com menos de 1%. Brancos e nulos somam 6,2%, enquanto os que não sabem/não responderam totalizam 5,7%.

Os referidos dados são da pesquisa estimulada, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados. Na pesquisa espontânea, Bolsonaro também lidera, com 43%, contra 28,8% de Lula. Ciro aparece com 4,6%, e Tebet, 2,5%. Os que não sabem/não responderam somam 14,6%, e os brancos e nulos, 5,4%.

A pesquisa, encomendada pela Associação de Supermercados do Rio de Janeiro, ouviu 2.400 pessoas em 504 cidades, entre os dias 18 e 20 de setembro. O levantamento foi registrado no TSE sob o protocolo BR-00580/2022.

(Pleno News)

Desde 2010, nenhuma eleição para o Governo do Estado vai para o 2º turno

A eleição para o Governo do Piauí inegavelmente está polarizada. Uma série de pesquisas mostram resultados divergentes, algumas dando vitória ao candidato Sílvio Mendes (União Brasil), outras a Rafael Fonteles (PT). Inclusive, esta grande quantidade de pesquisas, somadas aos números distintos que elas trazem, têm feito as pessoas se perguntarem: “dá pra confiar?”.

Há 12 anos o Piauí define todas as eleições para Governo do Piauí ainda no 1º turno. Isso pode acontecer este ano novamente?

Rafael Fonteles e Sílvio Mendes, os dois principais candidatos ao Governo do Piauí em 2022 (Foto: Divulgação)

LINHA DO TEMPO

  • 2006: Wellington Dias (PT), foi eleito em 2002 como o primeiro governador petista do Nordeste. Em 2006, foi reeleito governador do estado do Piauí com 61,68% dos votos válidos, totalizando 954.857 votos. Em segundo lugar, ficou Mão Santa (PMDB) com 391.083 votos (25,26%).
  • 2010: No último ano em que as eleições foram para o 2º turno, os dois candidatos mais votados no pleito inicial foram Wilson Martins, até então no PSB, e Sílvio Mendes, no PSDB. Em 2010, Wilson saiu em primeiro lugar com 46,37%. Totalizando 725.563 de votos válidos. Sílvio ficou em segundo com 30,08% de votos.
  • 2014: Em 2014, Welington Dias deixa o Senado Federal e volta ao governo do estado vencendo as eleições no 1º turno com 63,08% de votos. Em segundo lugar ficou seu principal adversário da época Zé Filho (PMDB), com 33,25% de votos.
  • 2018: Nas últimas eleições para o estado, o petista Welington Dias foi reeleito, também no 1º turno com 55,65% dos votos válidos. Em segundo lugar ficou José Pessoa Leal, atual prefeito de Teresina, que integrava o time do Solidariedade na época. Dr. Pessoa levou 20,28% dos votos.

O QUE DIZEM OS CANDIDATOS?

De acordo com a constituição, o segundo turno poderá ocorrer apenas nas eleições para presidente e vice-presidente da República, governadores e vice-governadores dos estados e do Distrito Federal e para prefeitos e vice-prefeitos de municípios com mais de 200 mil eleitores.

Logo, são eleitos em uma única votação os senadores, deputados federais, deputados estaduais e vereadores, assim como prefeitos e vice-prefeitos de municípios com menos de 200 mil eleitores.

Não há nada mais almejado que a vitória no primeiro turno, os candidatos majoritários do estado também não deixam de especular. (Marta Santos/Oitomeia)

Vereadores do PT e MDB aderem à candidatura de Sílvio Mendes

 

As lideranças também anunciaram apoio a candidata a vice-governadora Iracema Portella e ao candidato ao senado Federal, Joel Rodrigues neste sábado (24).

Na manhã deste sábado (24),o candidato ao Governo do Piauí, Sílvio Mendes (União Brasil) recebeu novas adesões a sua candidatura junto sua vice na chapa, Iracema Portella (Progressistas), desta vez os vereadores Arthur Filho (PT) e vereador Hernando Henrique (MDB) anunciaram apoio ao postulante.

A candidata a vice esteve nos municípios de Lagoa do Piauí e Monsenhor Gil, localizados na microrregião de Teresina. Iracema Portella destacou sobre os novos apoios que a oposição recebeu e afirmou que o movimento político está crescendo no Estado.

Foto: Divulgação

Na manhã deste sábado (24),o candidato ao Governo do Piauí, Sílvio Mendes (União Brasil) recebeu novas adesões a sua candidatura junto sua vice na chapa, Iracema Portella (Progressistas), desta vez os vereadores Arthur Filho (PT) e vereador Hernando Henrique (MDB) anunciaram apoio ao postulante.

A candidata a vice esteve nos municípios de Lagoa do Piauí e Monsenhor Gil, localizados na microrregião de Teresina. Iracema Portella destacou sobre os novos apoios que a oposição recebeu e afirmou que o movimento político está crescendo no Estado.

Foto: Divulgação
Iracema Portella recebe adesão de vereadores do PT e MDB

“Mesmo próximo às eleições continuamos ganhando apoios de todo o estado e até de pessoas da base governista. O que vemos é mais que um movimento político, é realmente um grande movimento em forma de onda que tem avançado pelo estado e preenchido o coração de cada piauiense com o sentimento de renovação. É a Onda Azul fazendo história”, destaca a candidata.

Iracema Portella recebe adesão de vereadores do PT e MDB

“Mesmo próximo às eleições continuamos ganhando apoios de todo o estado e até de pessoas da base governista. O que vemos é mais que um movimento político, é realmente um grande movimento em forma de onda que tem avançado pelo estado e preenchido o coração de cada piauiense com o sentimento de renovação. É a Onda Azul fazendo história”, destaca a candidata.

Iracema Portella recebe adesão de vereadores do PT e MDB

terça-feira, 13 de setembro de 2022

Moraes se irrita com "apuração paralela" e desmarca reunião com Defesa

Presidente do TSE foi pego de surpresa com alegação de que os militares pretendiam comparar dados de 385 boletins de urna com os do tribunal, diz O Globo.
Alexandre de Moraes (foto) se irritou com reportagem da Folha segundo a qual as Forças Armadas pretenderiam fazer uma “apuração paralela” no dia da eleição e desmarcou a reunião que estava prevista para esta terça (13) com o ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, informa Malu Gaspar em O Globo.

“O encontro não estava previsto na agenda oficial de Moraes, mas até a noite do último domingo (12) a equipe das Forças Armadas havia recebido confirmação extraoficial do tribunal e se preparava para a audiência”, escreve o jornal carioca. A reunião discutiria a adoção de projeto para mudar o teste de integridade das urnas.

Publicada hoje mais cedo, a reportagem da Folha alegava que os militares planejam pegar 385 boletins de urna aleatoriamente para cruzar os dados com a apuração do TSE. A manchete do jornal foi desmentida pela corte eleitoral, mas, segundo O Globo, ela pegou o TSE de surpresa e provocou a interrupção das conversas.

O presidente da corte eleitoral se irritou com o que chama de “guerra de narrativas” em torno do sistema eleitoral brasileiro e disse, sempre segundo o jornal carioca, que somar boletins de urna não é “apuração paralela”, já que para isso seria necessário somar todos os boletins das mais de 400 mil urnas do país.

“A disponibilização dos BUs no site oficial do tribunal, não apenas aos militares, mas a qualquer um, era uma medida já anunciada há meses. O número de boletins que os militares pretendem vasculhar por conta própria só foi revelado agora”, escreve O Globo.

O Antagonista

segunda-feira, 12 de setembro de 2022

ELEIÇÕES - Vaza áudio de Wellington Dias antecipando que Rafael Fonteles ganhará eleições em 1º turno com mais de 60% dos votos

 


 Em áudio vazado nas redes sociais nesta segunda-feira, 12/9, o ex-governador Wellington Dias (PT), candidato ao Senado nestas eleições, decidiu aderir à moda do senador Marcelo Castro (MDB), seu aliado político, para disseminar informações que não se confirmam sobre a candidatura do seu pupilo, Rafael Fonteles, que disputa o governo do estado pelo PT.

Segundo Dias, em suposta mensagem a Osmar Júnior, que foi seu vice-governador entre 2003 e 2006 e hoje é um dos coordenadores da campanha de Fonteles, a campanha segue num ritmo ascendente, em que a cada dia, segundo ele, se fortalece cada vez mais a condição de Rafael Fonteles ser eleito em primeiro turno.

"Ele terá mais de 60% dos votos", enfatiza, antecipando uma situação que não parece conveniente com a realidade que se vê nas ruas e avenidas de cidades piauienses. O ex-governador sugere alguma informação privilegiada ou apenas faz discurso de motivação aos seus seguidores.

Ele afirmou que o candidato petista é aclamado por onde passa. Nesta semana recebemos imagens de Nova Santa Rita e Simplício Mendes, onde ele faz reuniões embaixo de árvores e usa bancos de praças como palanque exatamente por falta de público. Fonteles fala para uma pequena quantidade de seguidores.

Wellington Dias afirmou ainda que está convencido da vitória e que o candidato terá cerca de 60% dos votos e será eleito em 2 de outubro. Ele disse também que sua candidatura vai de vento em popa e que Lula será eleito também em primeiro turno. "Lula está de papoco", diz o ex-governador, que parece um tanto eufórico na gravação, comportamento incomum para ele, que em pleitos anteriores sempre teve o controle total das eleições.

Na verdade, as pesquisas mais recentes, inclusive nacionais, mostram um cenário bem diferente. E a realidade pode ser constatada nas ruas, nas cidades, onde Rafael Fonteles e Wellington Dias são recebidos com hostilidade pela população, que repete entusiasticamente ter se cansado do PT e dos seus líderes. 
 
Mesmo assim, o ex-governador afirma acreditar na eleição de noventa por cento da bancada federal e cerca de 26 deputados estaduais. Com isso, entende, poderá continuar dominando o comportamento do Poder Legislativo. (TR)

2º Encontro e Exposição de Carros Antigos em Cocal - Piauí

 

A exposição foi realizada pelo o Sr. João Antônio, foi uma organização com sucessos e com muita música, encanto e criatividade, a exposição contou com palco, tendas, 10 de setembro marcou muito essa data, que começou as 17:00 horas na praça de evento na cidade de Cocal, o 2º Encontro de Carros Antigos chamou muito atenção de todas as gerações, principalmente dos apaixonados pelo mundo automotivo e é a opção perfeita para aproveitar o momentos para registrar com vídeos e fotos. Na praça de evento todos bem estacionados, o evento contou com mais de 50 automóveis de marcas como BMW, Mercedes, Volkswagen, Fiat, fuscas, caminhonete, Subaru, Chevette, opala, caravana, D 20 , entre outros.

Mediante esse evento no meio social foi em prol de arrecadamento de alimentos para transformar em sextas básicas para as famílias carentes.

 Nossos sinceros agradecimentos ao organizador e das pessoas participantes e a todos que compareceram! 


quinta-feira, 8 de setembro de 2022

Assaltante arrependido devolve dinheiro e pede recibo


O engraçado dessa história foi que o ladrão pediu para o dono do estabelecimento assinar um recibo de devolução, e ele assinou mesmo!

Já ouviu falar em assaltante arrependido, que rouba e depois volta para devolveu o que levou sem permissão?

Mais estranho ainda é quando ele pede para o dono do estabelecimento assinar um recibo de devolução do dinheiro para comprovar que ele não roubou nada.

Sim, isso aconteceu em uma farmácia de Ceará-Mirim, na Grande Natal. O assaltante arrependido voltou no estabelecimento, alguns dias depois ao assalto, devolveu a quantia que havia levado, e ainda levou embora um recibo para evitar a prisão.

A devolução do dinheiro roubado aconteceu no dia 30 de agosto e foi divulgada no dia seguinte pela Polícia Civil, que investiga o crime. De acordo com a corporação, o assalto aconteceu na semana retrasada.

No recibo, o representante da farmácia assina uma declaração de que recebeu de volta o valor de R$ 1.076, por “ato voluntário” do assaltante. A Polícia Civil confirmou que o valor roubado foi devolvido integralmente.

Mas, apesar do arrependimento do ladrão e da tentativa de se livrar da cadeia pelo ato ilegal, o recibo não possui validade jurídica para isentar o suspeito do crime.

Por outro lado, o documento pode servir como uma circunstância de atenuação de pena, a critério do judiciário. Isso porque o crime foi cometido, apesar de ter sido “desfeito”.

O suspeito, por sua vez, não está preso, mas deverá responder pelo crime de roubo. “As circunstâncias dos fatos ainda estão em apuração”, disse a polícia.

Fonte: Fatos Desconhecidos

Pesquisa Brasmarket aponta Bolsonaro com 44,9% e Lula 31%

               O novo levantamento Brasmarket traz novamente o presidente Jair Bolsonaro (PL) liderando a disputa ao Planalto. Em pe...