sexta-feira, 29 de maio de 2015

JUSTIÇA ELEITORAL CANCELA 1,71 MILHÃO DE TÍTULOS



Os maiores colégios eleitorais do País também tiveram o maior número de títulos cancelados

A Justiça Eleitoral cancelou os títulos de 1.711.267 eleitores por ausência não justificada às urnas nas últimas três eleições. Os eleitores passíveis de ter o documento invalidado tiveram o prazo de 60 dias para regularizar a situação. Para a aplicação da regra de cancelamento, a Justiça Eleitoral considera que cada turno é uma eleição. Confira aqui sua situação eleitoral.
Os maiores colégios eleitorais do País também tiveram o maior número de títulos cancelados – São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia e Rio Grande do Sul. Em São Paulo, esse número chegou a 479.200, em um total de 31.998.432 eleitores. Em Minas Gerais, entre os 15.248.681 eleitores, 148.235 tiveram o título cancelado. No Rio de Janeiro, foram 185.965 cancelamentos entre os 12.141.145 eleitores. Na Bahia, 136.137 eleitores tiveram os títulos cancelados no total de 10.185.417 eleitores e, no Rio Grande do Sul, o número de cancelamentos chegou a 70.651, dos 8.392.033 eleitores. No exterior, entre os 354.221 eleitores, 31.930 títulos foram cancelados.


Quem tem o título de eleitor cancelado não pode obter passaporte (mesmo em caso de renovação do documento), de carteira de identidade, o recebimento de salário de função ou emprego público, e a tomada de alguns tipos de empréstimos. A ausência de registro também pode dificultar matrícula em instituições de ensino e a nomeação em concurso público. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral.

Autoescolas fraudam sistema do Detran para alunos tirarem CNH no PI

Instrutores não cobram a presença de alunos em aulas práticas.
Com câmera escondida, reportagem flagrou proprietários explicando fraude.

Ellyo Teixeira Do G1 PI 

Usando uma câmera escondida o G1 flagrou autoescolas de Teresina burlando uma Lei Federal e fraudando o sistema de biometria usado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Alguns instrutores não cobram a presença de alunos que já têm noção de direção em aulas práticas, mesmo sendo obrigatórias. Sem o preparo para dirigir um carro ou pilotar uma motocicleta, os alunos registram a presença e vão embora sem assistir às aulas.

Sem saber que estava sendo gravado, o dono de uma autoescola, localizada na Avenida Gil Martins, ao lado do Detran, na Zona Sul da capital, relatou como costuma fazer para "ajudar" o interessado a conseguir a CNH de forma mais rápida. A norma que registra a presença do aluno na autoescola segue portaria do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

“Na hora de cadastrar a digital a pessoa vem e coloca o dedo, assim faz a abertura no sistema, constando que a pessoa está assistindo aula prática. Aí a pessoa vai resolver suas coisas e depois volta para fechar, sem ter assistido a aula prática. Aqui não precisa o aluno assistir aula”, contou o dono do estabelecimento.

A identificação através da digital dos candidatos é obrigatória, antes e no final de cada aula, e foi adotada há mais de 10 anos e vendida como uma inovação antifraude. Os flagrantes mostram que os centros de formação estão driblando a carga horária exigida por lei.

No vídeo, o empresário ainda revelou que o aluno só terá aula prática faltando dois dias para o teste, realizado na sede do Detran. “Quando tiver faltando dois dias para o aluno fazer a baliza, o instrutor dá uma volta no carro com o aluno para mostrar onde estacionar, onde é proibido estacionar. O aluno coloca seis digitais por dia, sendo 25 horas de moto e mais 25 de carro”, disse.

A fraude parece ser uma prática comum na capital piauiense. A equipe do G1 foi a outro Centro de Formação de Condutores, localizada também na Avenida Gil Martins e constatou a existência da irregularidade. No vídeo, uma mulher, que diz ser dona do estabelecimento, afirma que nas aulas teóricas o aluno é obrigado a permanecer na sala de aula devido à fiscalização que é rigorosa, mas nas aulas práticas, o aprendiz pode colocar apenas a digital sem ter que dirigir.

“Nós obrigamos que os alunos fiquem aqui quando estiver nas aulas teóricas, mas no segundo momento, já nas aulas práticas, o aluno coloca a digital e só volta para fechar a aula e não precisa assistir aula”, relatou a mulher.

O que diz o Detran A reportagem levou o vídeo dos flagrantes ao diretor de habilitação do Detran. Venâncio Cardoso prometeu tomar providências. Segundo ele, o órgão iniciou essa semana uma fiscalização para combater a fraude. Uma das medidas será a criação de um ranking que vai mostrar o desempenho de cada centro de formação.

O G1 chegou a voltar nas duas autoescolas, mas os donos preferiram não dar entrevista.

Em todo o Piauí existem 164 autoescolas credenciadas junto ao Detran e dessas, 73 estão em Teresina. Por lei, o aluno é obrigado a assistir 45 horas de aulas teóricas e 25 horas de aulas práticas. Só após cumprir esse cronograma, a pessoa está apta a passar pelos testes de baliza e percurso.

De acordo com o Detran, existem 972 mil veículos licenciados no estado e apenas 445 mil condutores habilitados. Na capital, são 410 mil veículos e 278 mil carteiras de habilitação. Ou seja, muita gente está dirigindo sem o documento obrigatório.

Servidores do INSS param atividades por 24 horas exigindo reajuste salarial

São mais de seis anos sem reajuste no salário dos servidores, diz Sindicato.
No interior do PI, mais de 50% das agências aderiram à paralisação nacional.
Do G1 PI 

Os servidores das agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) paralisaram nesta sexta-feira (29) as atividades em todo o país. No Piauí, a situação não foi diferente. Mais de 50% das agências do interior do estado aderiram à paralisação. O movimento que suspende por 24 horas as atividades no órgão tem como objetivo pressionar o Governo Federal para a apresentação de uma proposta de reajuste salarial.

De acordo com o sindicato dos trabalhadores da previdência social, os servidores estarão nas agências apenas para orientar as pessoas sobre os serviços do órgão. O sindicato contou ainda que mais de mil atendimentos deixaram de ser feitos por conta da paralisação no Piauí.

Segundo o presidente do sindicato dos previdenciários (Sindprev) no Piauí, o anúncio da paralisação já vinha sendo discutida há uma semana. Ele contou ainda que as perícias que não foram feitas nesta sexta-feira (29), serão realizadas na segunda-feira (1º).

"A princípio nós estamos participando de uma pauta que é nacional, como a reforma política, o arrocho e reforma fiscal, e numa pauta mais específica para o estado, nossa maior reivindicação é o reajuste salarial há mais de seis anos sem ajuste. Vamos ver qual será a posição do governo sobre a nossa paralisação e nossas reivindicações e quem sabe pensar posteriormente em uma greve por tempo indeterminado", contou.

Exigências como o reajuste salarial, respeito à data base e incorporação das gratificações e melhores condições de trabalho são os motivos da paralisação. A categoria contou que espera uma resposta do governo.

Operação apreende meia tonelada de frutos do mar em carga irregular no PI

Polícia ainda encontrou duas toneladas de queijo sem inspeção sanitária.
Após os procedimentos, a PRF encaminhou o casos aos órgãos competentes.

Do G1 PI 

Uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Piauí que começou nesta sexta-feira (29) apreendeu meia tonelada de lagosta, camarão, filé de caranguejo e peixes no município de Campo Maior, 78 km ao norte da capital. A operação denominada 'Carnaubais', apreendeu outras cargas irregulares com nota fiscal em desacordo com a carga.

De acordo com a PRF, os policiais apreendenram ainda mais de duas toneladas de queijo sem a nota fiscal e o selo de inspeção sanitária. Além disso, foram encontrados ainda 300 sacos de carvão sem o documento que registra a origem florestal da carga.

Após os procedimentos, a PRF encaminhou o casos aos órgãos competentes.

Justiça do Maranhão determina que bebê que foi asfixiada deve ficar com a mãe agressora

A jovem Andressa Freitas de Sousa, de 20 anos, que foi presa após fazer um vídeo sufocando a própria filha para pressionar o pai da criança, foi presa no último dia 19 de maio em São Raimundo das Mangabeiras, no Maranhão. A mulher foi transferida para a penitenciária de Balsas logo depois.

Só que agora, a Justiça do Maranhão, que acatou o pedido de prisão preventiva contra Andressa, entendeu que apesar de responder pelos crimes de maus tratos, a mãe precisa ficar perto da filha que ainda está sendo amamentada, por isso vai ser levada de volta para a sua cidade.
A Justiça determinou ainda que as visitas sejam escoltadas pela Polícia Militar e também pelo Conselho Tutelar. O pai da criança também não pode ficar com a bebê porque já tem passagem na polícia por receptação e adulteração de chassis de veículos. A criança está atualmente com a avó materna.



Meio Norte

Registro Civil Nacional vai unificar RG, CPF e título de eleitor, incluindo mudanças de estado e capacidade civil


A presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira, 28, que a criação do Registro Civil Nacional (RCN) vai simplificar e desburocratizar a relação dos cidadãos com o Estado. Por meio desse registro, os brasileiros terão apenas um número de identificação, que vai unificar cadastros de diversos documentos como carteira de identidade, CPF e título de eleitor, incluindo mudanças de estado e capacidade civil.

Os cidadãos brasileiros ou naturalizados serão identificados por suas impressões digitais e faciais. Os dados serão compartilhados entre órgãos da administração pública de União, Estados, Distrito Federal e municípios. O objetivo é o de que 200 milhões de brasileiros sejam registrados nos próximos três anos.
“A criação do Registro Civil Nacional garantirá a cada cidadão brasileiro um único número de identificação, ao qual estarão associados todos os outros documentos. Quem não sonha sair de casa carregando apenas um documento, em vez de ser obrigado a andar com vários deles?”, afirmou a presidente. “Nós nos propusemos a ajustar processos e procedimentos para que cada cidadão seja tratado como único que é, abolindo os vários números que hoje o representam.”
Parceria
O registro único será feito numa parceria entre o Executivo e o Judiciário, que já fez a coleta de dados biométricos de cidadãos em diversas cidades – dos 142 milhões de eleitores brasileiros, 24,5 milhões já foram registrados biometricamente. O projeto de lei que cria o Registro Civil Nacional será encaminhado ao Congresso.
“O Estado tem o dever de ser mais eficiente, adotando todos os recursos tecnológicos para atender bem ao cidadão”, afirmou a presidente. “Vamos somar recursos humanos e financeiros para finalmente viabilizar a criação de um único número de registro.”
A implementação e a gestão do processo serão feitas por um comitê de representantes dos dois poderes, de forma igualitária, para racionalizar o uso de recursos públicos. “Isso vai permitir serviços mais céleres e eficientes.”

“O Congresso Nacional certamente analisará essa proposta de sugestão e nos apoiará no desafio de inaugurar uma nova etapa na relação do Estado com os brasileiros e brasileiras, relação que, sobretudo, será bem mais simples”, disse a presidente.

Estado do Ceará: O mais violento do Brasil

Sergipe aparece na sequência no ranking de homicídios dolosos registrados pela polícia em 2014
Segundo o Ministério da Justiça, o Ceará foi o estado com a maior taxa de homicídios em 2014: 47,21 por 100 000 habitantes. Em números absolutos, foram registrados 4 144 assassinatos.


Em segundo lugar, outro estado nordestino, Sergipe, com taxa de homicídios de 45,5 por 100 000 habitantes. O total absoluto no Sergipe é de 999 casos.


Em terceiro lugar, o Pará, com uma taxa de 40,48 por 100 000 habitantes. Foram 3 232 mortes ao longo do ano.


Santa Catarina foi o estado com a menor taxa de assassinatos em 2014: 8,95 a cada 100 000 pessoas, num total de 592 registros.


São Paulo aparece, por incrível que pareça, em segundo lugar com a menor taxa de assassinatos. 4 294 mortes e uma taxa de 9,83 mortes a cada 100 000 pessoas.


Em terceiro lugar, vem Roraima, com taxa de 14,75 casos a cada 100 000 habitantes. No total, foram registradas 72 mortes.


Via Cnews
Foto ilustrativa

População incendeia carro, após filho de pastor matar homem em acidente

Revoltados, os familiares da vítima atearam fogo no veículo do pastor.
O motorista evadiu-se do local, não prestou socorro e continua foragido.

Do G1 PI 
Um acidente envolvendo um carro e uma moto deixou um homem morto na cidade de Assunção do Piauí, a 281 km de Teresina. O condutor do carro, que não foi identificado pela Polícia Militar, é filho de um pastor de uma igreja evangélica da cidade. Segundo informações da PM, o motorista vinha em alta velocidade quando invadiu a via contrária e atropelou o motociclista. O homem evadiu-se do local, não prestou socorro e continua foragido.

As informações foram confirmadas pelo tenente Izenildo Cardoso, da companhia de São Miguel do Tapuio, que conduziu a ocorrência. Ainda de acordo com o tenente, revoltados, os familiares da vítima atearam fogo no carro que era do pastor. "Quando chegamos ao local o carro já estava capotado e em chamas. O carro era conduzido pelo filho do pastor da cidade", disse.

O acidente aconteceu nessa quarta-feira (25). Já na manhã desta quinta-feira (28), um grupo de pessoas invadiu a casa do pastor, arrombou as portas da casa, e queimou e destruiu móveis.

A polícia informou que o pastor fugiu da cidade com a família com medo da ação dos populares.

Garotas foram jogadas de penhasco com mais de 10 metros de altura

Segundo delegado, crime contra adolescentes foi bárbaro e cruel.
Polícia buscava assaltantes quando encontraram as meninas desacordadas.

Do G1 PI 
O delegado da Polícia Civil de Castelo do Piauí, Laércio Evangelista, afirmou em entrevista ao G1 que o crime contra as quatro adolescentes ocorrido na noite da quarta-feira (27) foi "cruel e muito bárbaro". De acordo com ele, as garotas sofreram várias agressões e ainda foram arremessadas do alto de um penhasco com mais de 10 metros de altura (assista ao vídeo acima).

Errata: Inicialmente, o delegado Laércio Evangelista havia informado que altura do penhasco era de cinco metros. Entretanto, a perícia da Polícia Civil foi ao local e constatou que a altura do morro ultrapassa os 10 metros. A informação foi corrigida às 19h04.

"Foi um crime muito bárbaro e cruel. Eles cortaram os pulsos das meninas, furaram mamilos e olhos e depois ainda as arremessaram de cima de um morro", disse o delegado. Segundo ele, as garotas ainda foram amarradas antes de sofrerem a violência sexual.

De acordo com a polícia, cinco homens participaram do crime. Quatro deles, todos menores de idade, já foram apreendidos e conduzidos para a delegacia da cidade de Campo Maior, a 78 Km de Teresina. Um outro suspeito ainda está foragido e a polícia realiza buscas na região para tentar prendê-lo.
Moradores pediram justiça durante virgília em frente
à delegacia (Foto: Catarina Costa/G1)

Ainda de acordo com o delegado Laércio Evangelista, a polícia descobriu o crime contra as adolescentes quando investigava um assalto a um posto de combustíveis ocorrido na sexta-feira (22).

Durante as buscas por um dos criminosos foragidos no assalto, a polícia encontrou duas motos abandonadas no mato.
Gilberto Albuquerque, diretor do HUT
(Foto: Ellyo Teixeira/G1)

"Nós levamos essas motos para a delegacia e pouco depois familiares das meninas chegaram para registrar o desaparecimento. Ao ver as motos, os parentes reconheceram que eram as mesmas que as meninas andavam e aí começamos as buscas", disse o delegado.

Estado grave
Segundo ele, a própria polícia encontrou as adolescentes. As jovens foram levadas para o hospital da cidade e logo depois transferidas para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). De acordo com a direção do hospital, são duas garotas de 17 anos, uma de 16 e outra de apenas 15 anos.

Conforme boletim médico divulgado pelo hospital às 12h, uma das adolescentes está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ela teve traumatismo craniano e chegou a perder parte da orelha. A garota também apresenta sangramento na barriga e os médicos tentam controlar a hemorragia.

Ainda de acordo com o boletim, outra garota sofreu afundamento da face do lado direito e também passou por cirurgia no pescoço. A adolescente que teve múltiplas lesões no couro cabeludo e ainda por todo o corpo está sob efeito de analgésico.

A única das garotas consciente ainda fala pouco e será transferida para um hospital particular por decisão da família.

"O estado em que essas meninas chegaram aqui nos assustou bastante. Todas foram vítimas de muitas lesões. Uma delas ainda está na UTI porque teve traumatismo craniano. Uma das meninas chegou a ficar com a face desfigurada", relatou o diretor do HUT, Gilberto Albuquerque.

Trabalho dos peritos
Cerca de dez peritos do Instituto Médico Legal (IML) foram ao Hospital de Urgência de Teresina para realizar exames. Segundo o diretor do IML, Antônio Nunes, material genético foi encontrado nas unhas das garotas, o que para ele indica que as vítimas lutaram com os agressores.

"Ainda não temos como precisar qual o instrumento usado nas agressões. Pode ter sido paus, pedras ou só socos. Há possibilidade de elas terem sido arrastadas antes de serem jogadas ou que tenham sido agredidas em um outro local e depois jogadas. Mas nós temos constatações graves, sendo que uma das adolescentes possui lesões sérias internada na UTI. Seguramente as meninas sofreram muito nas mãos dos suspeitos", explicou.

Cidade revoltada
Nesta manhã, o governo do estado divulgou uma nota lamentando o fato e manifestando solidariedade às famílias das adolescentes. A vice-governadora Margarete Coelho esteve no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e disse que as vítimas estão sendo acompanhadas por uma equipe que envolve médicos, psicólogos e assistentes sociais.
Moradores revoltados atearam fogo em frente à delegacia (Foto: João Pedro/Portal Mais Castelo) 

"Todas estão em estado de choque e ainda não relataram aos familiares e para os policiais o que de fato aconteceu. Pelas características desse crime não se trata só de um estupro, mas de tentativa de homicídio", disse.

Além do Grupamento da Polícia Militar de Castelo, foram deslocados para a cidade três outras equipes, além do Gerente de Policiamento do Interior, delegado Willame Moraes para dar apoio ao trabalho do delegado regional, Laércio Evangelista.

Revoltados com a brutalidade do crime, moradores de Castelo do Piauí protestaram na frente da delegacia da cidade. Os protestos continuaram nesta quinta-feira (28). De acordo com o delegado Laércio Evangelista, a população cobra justiça.

"A população está em alvoroço cobrando justiça em frente à delegacia", disse o delegado. Segundo ele, os quatro menores apreendidos são conhecidos na cidade e já possuem diversas passagens pela polícia. O outro foragido é um ex-presidiário.

Idoso de 83 anos estuda direito após concluir dois cursos: 'Não vou parar'

Leon Nolasco deve se formar no fim deste ano e quer fazer exame da OAB.
Depois, ainda planeja fazer pós, cursar agronomia e história: 'Me sinto vivo'.

Fernanda Borges Do G1 GO 
Leon Nolasco, 83 anos, se prepara para concluir curso de direito e quer mais (Foto: Fernanda Borges/G1) 

Após criar quatro filhos sozinho e “encaminhá-los para a vida”, o professor de matemática goiano Leon Delane Nolasco decidiu que era a hora de se reinventar. Aos 80 anos, ele concluiu a sua segunda graduação, no curso de ciências contábeis, e passou a atuar como contador. Não satisfeito, ingressou no curso de direito e, atualmente, aos 83 anos, se prepara para a formatura no fim deste ano. “E ainda quero mais. Só vou parar quando entrar para o livro dos recordes como o idoso universitário com mais formações”, contou ele ao G1.

Apesar da idade, Leon mostra muita disposição. Ele conta que caminha diariamente por 7 km, realiza dos serviços rodando “atrás dos clientes” e ainda se dedica aos estudos na Faculdade Cambury. “Eu sempre gostei de estudar e esse é meu segredo para não deixar meu cérebro parar. Por isso, ainda quero prestar o exame da OAB [Ordem dos Advogados do Brasil] e fazer uma pós-graduação em direito agrário. Vou atuar na área com certeza”, diz.


Mas ele ainda tem mais sonhos: cursar agronomia e história. “Na verdade, história sempre foi minha grande paixão. Mas como não dava para viver bem disso, parti para o curso de matemática e, mais tarde, para ciências contábeis. Mesmo assim, sentia que precisava me aperfeiçoar para ganhar mais dinheiro, aí veio o direito. Porém, ainda quero fazer agronomia e, por fim, realizar meu sonho com o curso de história. Aí, quem sabe, me darei por satisfeito”, ressaltou Leon.

Nos corredores da universidade onde estuda, ele é praticamente uma celebridade. Bem-humorado, faz questão de cumprimentar os colegas. “Me sinto ainda mais vivo estando em uma universidade. Sempre achei bonito o termo ‘acadêmico’ e, enquanto puder, estarei em contato com esse universo”.

Estudos
Natural de Buriti Alegre, no sul de Goiás, Leon conta que viveu muitos anos em Pontalina, até mudar para Goiânia, onde já está há cerca de 40 anos. De família humilde, ele diz que nem sempre imaginou que iria tão longe nos estudos.

Quanto mais conhecimentos, melhor a pessoa se torna. O que não pode é parar jamais"
Leon Nolasco, universitário aos 83 anos

Quando a esposa morreu, em 1971, ele atuava como professor de matemática e tinha os quatro filhos para criar. “Na época, meu mais novo tinha 4 anos e não foi nada fácil. Mesmo assim, nunca tive coragem de casar de novo e, juntos, conseguimos nos virar bem. Felizmente, todos se tornaram pessoas de bem”, diz.

Orgulhoso, ele diz que os filhos, que atualmente têm idades entre 41 e 46 anos, também estudaram e se formaram. Com isso, ele viu que chegara a hora dele pensar em realizar os próprios desejos e investiu novamente na vida universitária.

“Eu estive em salas de aulas por 25 anos ensinando matemática. Depois que parei, senti muita falta. Aí percebi que eu queria estudar mais e acabei me encontrando. Hoje sou feliz e quero mesmo me tornar um recordista por ter a idade que eu tenho e continuar estudando”, afirmou o universitário.

Apesar da vida agitada, ele diz que ainda encontra tempo para se divertir. “Vou a bailes, danço bastante e aproveito a vida. Tenho até minhas paqueras. Hoje eu aprendi a comer direito, não fumo e nem bebo mais, e isso me traz uma qualidade de vida enorme. Até mesmo de corridas ao lado dos meus familiares eu participo e ainda chego na frente deles”, destacou.

E para quem acha que apenas os jovens podem correr atrás dos sonhos, Leon é a prova viva que não há limites. “Estudar é bom demais. Quanto mais conhecimentos, melhor a pessoa se torna. O que não pode é parar jamais”, concluiu.
Aluno aplicado, Leon também se prepara para fazer o exame da OAB (Foto: Fernanda Borges/G1)

Durante visita Rubens Vieira recepciona Wellington Dias e mostra que tem prestígio junto ao Governo do Estado

Na manhã desta quinta-feira (28/05), o Prefeito Rubens Vieira acompanhado de uma comitiva formada por secretários municipais, vereadores da base governista, lideranças politicas e muitos populares, recepcionaram o Governador Wellington Dias, que desembarcou na pista de pouso de Cocal e em seguida se dirigiu para a vizinha cidade de Caraúbas do Piauí, onde cumpriu agenda administrativa.
A recepção do Governador em Caraúbas do Piauí aconteceu na casa do líder politico Caburé, que ao lado de sua esposa, a vereadora Patrícia Ribeiro, serviram um farto café da manhã para todos os presentes. Muitos prefeitos e lideres políticos da região litorânea aproveitaram o momento para se aproximar do governador e fazer seus pedidos e suas queixas à respeito de suas respectivas cidades. Mas o que se notou foi o grande prestigio do Prefeito Rubens Vieira perante todas as autoridades que ali se encontravam.
Em seguida foi realizada uma visita às instalações da Aprovest (Associação de Produtores de artigos de vestuário) e a horta comunitária, subseguindo da inauguração da panificadora comunitária "Nosso Pão" que foi um dos projetos desenvolvidos pelo movimento solidário FENAE (Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica).
Durante uma solenidade realizada no ginásio poliesportivo Francisco Fortes dos Santos na sede daquele município, o Governador autorizou ao DER a elaborar o projeto e orçamento para a pavimentação de vias públicas do município, dentre outros investimentos. Houve também a entrega de um cheque simbólico de mais de R$ 30.000 (trinta mil reais), dinheiro doado pela FENAE para a Padaria Comunitária iniciar os trabalhos e se manter com seu faturamento.
Após o retorno para embarcar em Cocal, Wellington Dias se disse honrado de poder estar pondo os pés em Cocal e que fará o possível para atender às demandas da comunidade e que tem como um de seus principais objetivos a construção da Barragem Nova Algodões, cuja os recursos já estão assegurados e a conclusão da pavimentação asfáltica que liga o povoado Campestre à CE-232, dentre outras ordens de serviços já assinadas pelo mesmo.
Wellington ressaltou ainda o compromisso da sua gestão com o município de Cocal. "Mês passado estivemos aqui inaugurando varias obras e vamos continuar trabalhando para o desenvolvimento desse município" destaca.
Já o Prefeito Rubens Vieira agradeceu a visita do Governador e reiterou seu objetivo como prefeito. "Vamos trabalhar cada vez mais, sempre em busca de uma melhor qualidade de vida para os cidadãos cocalenses". Sem esquecer de cobrar outras demandas importantes para o município.



Fonte: ASCOM | PMC

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Cantora gospel faz selfie transando com pastor evangélico

Uma imagem que circula nas redes sociais vem causando polêmica entre os usuários. A foto mostra a cantora gospel, Priscila Yasmin Castilho transando com o pastor Antônio Manoel Sousa, da igreja Assembleia de Deus, secretário de administração pública e candidato a prefeito de Vilhena, no Roraima.

O selfie foi tirado pela própria cantora, mas não se tem informações de que teria compartilhado a fotografia.

O pastor é conhecido por gravar vídeos com as fiéis e guarda-los em sua residência e segundo uma testemunha, todas as mulheres são casadas.








FONTE:Com informações do Bahiasemmascara

Funcionária tem a mão presa em moedor de carne de frigorífico

O acidente aconteceu nesta quinta-feira (28) na Zona Sul de Teresina.
Bombeiros usaram uma serra para cortar a máquina e retirar mão da jovem.

Gilcilene Araújo Do G1 PI 
Jovem foi levada por uma ambulância do Samu ao hospital (Foto: Gilcilene Araújo/G1) 

Uma funcionária de um frigorífico localizado na Avenida Barão de Castelo Branco, Zona Sul de Teresina, teve a mão direita presa em um moedor de carne quando utilizava o equipamento. O acidente aconteceu nesta quinta-feira (28) e o Corpo de Bombeiros teve que ser acionado para ajudar no socorro.
Bombeiro precisou cortar o moedor para retirar a
mão da garota (Foto: Gilcilene Araújo/G1)

Segundo o sargento Marcone Costa, quando a equipe chegou ao local, a mão direta da vítima estava presa no moedor e a jovem gritava por conta da dor. Os militares tiveram que usar uma serra para cortar o equipamento e retirar a mão da vítima. O atendimento durou cerca de 45 minutos.

“A lesão dela era muito grave e tivemos que cortar o equipamento. Segundo relato de outros funcionários, o acidente aconteceu quando ela operava a máquina”, contou o bombeiro.

Após o trabalho do Corpo de Bombeiros, uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizou alguns procedimentos e a jovem foi levada ao hospital. Nenhum dos socorristas deu detalhes sobre a gravidade do ferimento.

O proprietário do frigorifico não quis falar com a imprensa. Familiares da adolescente também estiveram no local, mas abalados, também se recusaram a falar com a reportagem.

Falta de segurança ameaça patrimônio público no Centro da capital

Há sete anos uma lei determina a criação da Guarda Municipal.
A previsão é de que só sairá do papel em janeiro do próximo ano.

Do G1 PI 
A insegurança ameaça o patrimônio público de Teresina. há sete anos uma lei foi publicada determinando a criação da Guarda Municipal, mas ainda não foi concretizada. O roubo que aconteceu nessa terça-feira (26) na Casa da Cultura, no Centro da capital, comprova a necessidade de mais segurança.

De acordo com Samuel Silveira, coordenador da Secretaria Municipal de Defesa, a prefeitura já tem um planejamento para colocar em prática. “Já temos uma ideia do quantitativo que esperamos contar a partir de janeiro de 2016. Queremos que comecem os trabalhos em Teresina com 100 homens e já temos uma pré-data para o concurso público e será em agosto deste ano”, disse.

Caso a guarda já estivesse trabalhando, os casos de roubos que acontecem na capital poderiam ter sido evitados. Um exemplo é o sistema de iluminação pública, que somente no ano passado gastou R$ 32 mil com a troca de lâmpadas e cabos de energia.

De acordo com o coordenador de iluminação da capital, Davimar Holanda, o dinheiro gasto com o vandalismo poderia ser gasto em outras coisas. “Na parte de ampliação e melhoria da iluminação pública, mas infelizmente temos que gastar com isso, pois a população não tem culpa disso e não merece ficar às escuras”, explicou.

As lixeiras colocadas no Centro da cidade também são alvo dos vândalos. Das 312 instaladas nos últimos seis meses, metade delas foi quebrada ou roubada. A presença física e monitoramento com câmeras são estratégias que Marcelo Mourão, um dos coordenadores da Superintendência de Desenvolvimento Urbano capital (SDU) acredita como solução para inibir a ação dos criminosos. “Temos que ter segurança nas praças, órgãos públicos e nas ruas. Com certeza essa ação inibirá a ação dos bandidos”, afirmou.

Grave acidente entre caminhões deixa um morto e outro ferido na BR-316

Vítima chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do hospital.
Colisão frontal aconteceu nesta quarta (27), no município de Monsenhor Gil.

Do G1 PI 
Acidente ocorreu no km 72 da Br-316, no Piauí (Foto: Simplício Júnior/TV Clube)

Um grave acidente envolvendo dois caminhões deixou um homem morto e outro ferido nesta quarta-feira (27) no Km-72 da BR-316, município de Monsenhor Gil, a 52 km da capital. Por conta da colisão frontal, um dos motoristas ficou preso às ferragens, com ferimentos graves. Ele chegou a ser socorrido no local e encaminhado para Teresina em uma ambulância de uma cidade vizinha que passava pelo local.

Mas segundo informações a diretoria do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), a vítima morreu a caminho do hospital e foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML).
Um dos motoristas ficou em estado grave; o outro
fico ferido (Foto: Simplício Júnior/TV Clube)

Um dos caminhões que levava uma carga de telha de Teresina com destino a Oeiras, era conduzido por Sebasião de Sousa, de 36 anos, que sofreu apenas ferimentos leves. Com oito anos de trabalho, ele contou que nunca viu nada igual.

"O motorista do outro ônibus vinha em alta velocidade e não conseguiu fazer a curva e por isso invadiu a via contrária colidindo de frente com o meu veículo. Eu até tentei tirar, mas não consegui", contou.

O motorista que morreu a caminho do hospital ainda não foi identificado. De acordo com a diretoria do HUT, a ambulância apenas chegou no hospital e informou que a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no caminho. O IML não informou a identificação da vítima.

Segundo o policial rodoviário federal Joaceli Barbosa, a vítima sofreu ferimentos graves. Ele contou ainda que o motorista ficou preso às ferragens e chegou a ter as pernas quebradas.

O acidente aconteceu por volta das 12h desta quarta-feira (27) quando dois caminhões colidiram de forma frontal. Equipes da Polícia Rodoviária Federal, Bombeiros e Samu foram até o local para resgatar as vítimas presas nas ferragens. Por conta da colisão, o trânsito ficou complicado na BR.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...